Cecília, Brazilian, Music Lover, Biology student.

Sou egoísta, mal humorada, fria, calculista, sem coração, calada, chata, grossa, mal educada, cínica, hipócrita, dissimulada, misantrópica, pessimista....
Sou bobona, chorona, sensível e falastrona. Consigo ser paradona/'lerdona', como também consigo ser agitada. Sou uma pessoa emocionalmente frágil.
Meio Psicopata, Meio carneirinho. Me sinto um nada, mas também tenho meus momentos narcisistas-egocêntricos.
Posso ser um monstro terrível, como posso ser também uma "boa amiga", tudo vai depender de onde,quando, e quem eu era no momento em que você me conheceu. (:

 

When I think about kids watching a TV show like American Idol or The Voice, then they think, ‘Oh, OK, that’s how you become a musician, you stand in line for eight fucking hours with 800 people at a convention center and… then you sing your heart out for someone and then they tell you it’s not fuckin’ good enough.’ Can you imagine?” he implores. “It’s destroying the next generation of musicians! Musicians should go to a yard sale and buy and old fucking drum set and get in their garage and just suck. And get their friends to come in and they’ll suck, too. And then they’ll fucking start playing and they’ll have the best time they’ve ever had in their lives and then all of a sudden they’ll become Nirvana. Because that’s exactly what happened with Nirvana. Just a bunch of guys that had some shitty old instruments and they got together and started playing some noisy-ass shit, and they became the biggest band in the world. That can happen again! You don’t need a fucking computer or the internet or The Voice or American Idol.

Dave Grohl (via rollawaythedew)

Uma especialista em ser deixada pra trás.

A Menina Que Roubava Livros. (via versejas)

(Source: reactivating)

Devo ter dito: “estou bem, obrigada” pelo menos 37 vezes.
E não foi verdade em nenhuma delas. Mas ninguém percebeu.

Elena Gilbert.   (via desembarcou)

(Source: alentador)

Fiquei sozinho um domingo inteiro. Não telefonei para ninguém e ninguém me telefonou. Estava totalmente só. Fiquei sentado num sofá com o pensamento livre. Mas no decorrer desse dia até a hora de dormir tive umas três vezes um súbito reconhecimento de mim mesmo e do mundo que me assombrou e me fez mergulhar em profundezas obscuras de onde saí para uma luz de ouro. Era o encontro do eu com o eu. A solidão é um luxo.

Clarice Lispector.    (via inevavel)

(Source: c-a-n-a-r-i-o)

Não aceito mais sua ausência ocupando tanto espaço dentro de mim.

Relatos de Tess (via pensamentos-antigos)

(Source: deprimentes)