Cecília, Brazilian, Music Lover, Biology student.

Sou egoísta, mal humorada, fria, calculista, sem coração, calada, chata, grossa, mal educada, cínica, hipócrita, dissimulada, misantrópica, pessimista....
Sou bobona, chorona, sensível e falastrona. Consigo ser paradona/'lerdona', como também consigo ser agitada. Sou uma pessoa emocionalmente frágil.
Meio Psicopata, Meio carneirinho. Me sinto um nada, mas também tenho meus momentos narcisistas-egocêntricos.
Posso ser um monstro terrível, como posso ser também uma "boa amiga", tudo vai depender de onde,quando, e quem eu era no momento em que você me conheceu. (:

 

Estava apenas no auge da vida, e sofria como uma velha anciã.

O vazio de Nory.    (via nevou)

(Source: cogitava)

Someday, someone is going to look at you with a light in their eyes you’ve never seen, they’ll look at you like you’re everything they’ve been looking for their entire lives. Wait for it.

(via spuandi)
not w/ me…

(Source: thelovewhisperer)

Ela é “estranha”. Tem vergonha até pelo bate-papo, tem ciúmes até de foto. Chora ouvindo sua música preferida e grita quando se assusta. É escandalosa, porém tímida, isso depende se está ou não perto dos seus amigos. Aliás, quando ela está com os amigos, perde a vergonha na cara e só faz “merda”. Sim, ela é “estranha”, mas pelo menos procura ser feliz. Ela tem uma risada alta e ao mesmo tempo uma voz suave. Faz careta do nada. Come pipoca, brigadeiro e sorvete sem culpa. Conversa sozinha, canta errado, dança como uma louca em casa, dá risada dos tombos, faz palhaçadas, conta piada velha e acha maior graça, conversa com os animais, briga com objetos quando esbarra neles. Sim, ela é louquinha, mas quem não é? E sabe uma coisa? Dane-se. Pessoas “perfeitas” são um saco.

Caio Fernando Abreu.  (via nobroke)

(Source: remoldurada)